Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

PARABÉNS POR MAIS UM ANO.

Mais um ano se passou, já contas dois, sendo assim eu também estou mais velha, porque sem mim, não consegues viver, eu sou a tua fonte de energia e tu a minha, sem ti também não estava agora aqui a escrever, somos como dois em um. Então o meu desejo é que faças mais um ano, sinal de que eu continuo viva.Também dou os parabéns aos teus irmãos, tu e eu sem eles não éramos capazes de de resistir tanto à vida. A família é muito importante, mesmo a da blogosfera, apesar de ser virtual. Como fazes anos, é costume recebesse prendas, eu também resolvi dar-te uma, passada comigo, na escola primária, era um pouco mais velha, mas as crianças entendem-se umas com as outras, por isso espero que gostes da prende que é uma história muito agradável para mim. Fui eu que te criei tenho obrigação de cuidar de ti, já fui criança eu sei bem do que as crianças gostam. São de belas histórias. Espero que gostes desta.Pois foi muito importante para mim.

 

  Nunca Jámais. Vou Esquecer. 1959!
 
 Ultimo ano da escola primária e primeiro obrigatório para a quarta classe! Até ai só era obrigação fazer a terceira.
Tive um acontecimento marcante para sempre! Veio pela primeira vez ao meu conselho o então Presidente da República, Almirante Américo Tomas, vinha inaugurar alguns monumentos, um dos quais a escola onde hoje estou envolvida num Projecto sénior+! (Quem diria) Nessa altura era obrigação as crianças das escolas onde ele passasse presta-lhe homenagem, a minha escola também foi, era a penúltima por onde ele passava.
Eu, no meio de tantas crianças, fui a escolhida para lhe prestar homenagem em nome da escola e da terra! Lembro – me que era um grande ramo de cravos vermelhos com muitas cartas dentro de pedidos das autoridades da terra e professores lhe faziam. O ramo era tão grande e pesado que eu não podia com ele! Foi minha mãe que o levou até a estrada, que ficava a cerca de dois quilómetros da escola, também tinha que lhe dirigir algumas palavras que as professoras me ensinaram. Mas no momento da cerimónia tive uma surpresa agradável, do Presidente! Que foi, mandar parar o carro, chamar-me para a beira dele e dizer-me: - Desde Lisboa até aqui tenho visto milhares de crianças lindas, mas tão bonita como tu e com os olhos tão vivos e dessa cor és a única! Escusas de falar, pois eles falam por ti! Deu-me um abraço, um beijo grande e disse-me para continuar a ser sempre a melhor aluna, se foste a escolhida para me homenagear é porque és a melhor! «Obrigada pelas flores, que são as únicas que recebi até aqui!» Também não vi mais nenhumas dentro do carro. Ouvir isto em criança do Presidente da República e com uma multidão de pessoas à volta... deixa um orgulho e brilho dentro de uma criança que nem o sabe conter!... Minha mãe e irmãos ficaram tão radiantes quanto eu, ou mais!
No dia seguinte, a vida voltou ao normal. Mas dezasseis anos passados tudo mudou! Não passava pela cabeça de ninguém, muito menos na duma criança, que os cravos lhe iam dar outra grande alegria, com a Revolução dos Cravos do vinte e cinco de Abril de 1974 que depôs do governo esse mesmo Presidente!!!
         Não sei dizer qual das alegrias é a melhor. Em criança as coisas são vistas de maneira diferente, com vinte e seis anos as coisas têm totalmente outras dimensões. Não me perguntem, qual das duas é a melhor, ou mais importante, porque isso não é explicável. Mas sei que as alegrias dos cravos são das mais importantes que tive e vão continuar na memória da história de minha vida.

 

 

 

 

                                                                   

 

sinto-me:
publicado por zezacastanho às 14:37

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Fevereiro de 2009

HOJE COMEÇOU O NOVO ANO LECTIVO DO PROJECTO SÈNIOR+

Hoje começou o novo ano lectivo do projecto Sénior+ que há três anos teve início na Escola de Monserrate em Viana do Castelo. No primeiro ano eram doze alunos todos seniores. Tiveram aulas de iniciação de T.I.C. e Português Descritivo e algumas de inglês. Que Culminou com a edição de um livro como já referi aqui noutro post. O ano passado o grupo aumentou, era-mos dezanove e as modalidades de aprendizagem foram as seguintes: Continuações de T.I.C. uns começaram outros aprofundaram e houve Seminários vários de informação sobre Cuidados Básicos de Saúde, Belas Artes (como pintura em azulejos, ponto macramé) e sobre Arqueologia locar. Este ano começou um pouco mais tarde e também o número de alunos continuou a aumentar pois são uma vintena. Como eram muitos, para um grupo só, e também uns já estão mais adiantados, foi dividido em dois, uns começaram na iniciação do T.I.C. e com aulas de inglês, outros está a aprofundar cada vez ais o T.I.C. e continuaram com seminários sobre: Saúde na idade sénior, Saúde preventiva, Controlo do peso; mitos e realidades, Alimentação e Actividade Física na idade sénior, Alimentos Transgénicos, Células Estaminais, Reciclagem e Plásticos Biodegradáveis, Biomatérias (próteses /implantes), Alterações Climáticas. Todos estes seminários são dados por pessoas competentes.Vamos continuar com as aulas de arqueologia do território de Viana. Também vamos fazer visitas de estudo. Além de todos estes conhecimentos, que adquirimos e nos enriquecem, para termos uma velhice mais saudável, também têm a particularidade da sociologia humana, do diálogo, de fazer amigos, de convívios, que depois se fazem uns com os outros e formamos uma rede de entre ajuda., Tudo isto é uma mais-valia para a nossa idade. Assim não passamos os dias sentados no sofá a ver televisão, a ler o jornal, á espera que o tempo passe e a morte chegue...quantas vezes a chatear os conges um ao outro, e os filhos, que não tem culpa de nós sermos velhos. Espero que todos se sintam felizes e tirem o melhor possível de tudo isto.

Parabéns ao Coordenador Professor Manuel Simões.

 

 

Não houve «Praxes». Mas há fotos para mais tarde recordar.

                                                

 

                                                                     

 

 

                                                                                

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                               

sinto-me:
publicado por zezacastanho às 23:42

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

INVERNO RIGOROSO

 

O Inverno rigoroso que se fez sentir este ano, depois de alguns seguidos, terem sido amenos, fez com que algumas pessoas, se esquecessem que o Inverno começa a 21 de Dezembro e acaba a 21 de Março. Reconheço que este ano foi mesmo muito rigoroso. Quando eu fui criança e jovem os Invernos eram todos rigorosos. As pessoas de idade da minha aldeia diziam: fraco é o Inverno, que não há três cheias, até ao Natal. Este ano apesar de ser rigoroso, que eu visse não houve nenhuma! Lembro-me de ser criança e ver, o vale da minha terra, que é grande, coberto de água das cheias! Era bonito, parecia um rio enorme, durante alguns dias! Quando as águas baixavam os campos ficavam mais fertilizados porque as correntes das águas traziam matérias orgânicas. Também me recordo de ver um «homem» passar as pessoas do Castelo de Neiva, que vinham para trabalhar e há feira, dentro de uma (gamela), Que era uma ferramenta agrícola, que se usava quando havia as tais cheias continuadas e os campos de milho tardio ainda não tinham sido colhidos. Com essas gamelas, ia-mos colher os casulos do milho, porque não se podia cortar e levar para os quintais, e ai ser desfolhado e a palha guardada para alimento dos animais durante o Inverno. As gamelas eram feitas de madeira. Por isso é que o «homem» passava as pessoas com elas. Nesse tempo não havia Protecção-Civil. As pessoas é, que se protegiam, umas às outras, e ninguém falava em crise.

           

O Sol maravilhoso que já nos aquece há dias fez com que as pessoas saíssem para os campos para fazerem as primeiras sementeiras. Eu também fiz, as minhas sementeiras hoje, no vale da minha terra: De favas, ervilhas de grão e das outras, nabiças, alface, salsa, couves-galegas, alho e flores. Passei uma tarde magnífica, em contacto com a Natureza a trabalhar, fiz exercício ao mesmo tempo e tive a visita dos meus amigos passarinhos: chascos, pintassilgos, melros, pardais lebrandiscas e outros mais, que vieram comer insectos, que não vejo na terra cultivada e eles vêem, e de quando em vez contemplavam-me com seus cânticos maravilhosos. Que tarde maravilhosa, bela e também magnífica como já frisei eu passei a trabalhar!

 

 

 

 

A foto mostra uma parte do vale da minha aldeia. 

 

 

Esta é uma parte da aldeia

sinto-me:
publicado por zezacastanho às 00:00

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Convívio pascal dos sénio...

. Clube de leitura

. Sétimo selo.

. Ao clube de leitura

. Ser ou parecer...

. Natal.

. Coral polifonico atuando ...

. Convivio dos Sénior+ Da E...

. Convívio sénior.

. ...

.arquivos

. Março 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Setembro 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds