Domingo, 29 de Abril de 2007

Agricultura na ribeira de Anha

Ontem e hoje de tarde fui cavar terra, para semear um pouco de milho para as galinhas. É como dois em um, tiro lucro e faço ginástica, é o meu ginásio meu prozac, xanax ...ou melhor é o que faz, com que  não tome nada disso. Pois eu gosto muito de estar em contacto com a natureza, mesmo que seja duro, também é fascinante para quem gosta, como é o meu caso. É fantástico contemplar as múltiplas cores das flores selvagens e quando vai vento, faz ondulação é maravilhoso ver as cores a deslizar, que beleza! E, ouvindo aos mesmo tempo, o cantar dos melros, dos pintassilgos, dos rouxinóis, e o chilrear dos pardais, nem se dar por ela, que se anda com a enxada na mão. À minha frente vou vendo a coreografia das lebrandicas, é assim que são conhecidas popularmente. Eu sei o nome delas cientificamente mas neste momento, não me recordo . Também não tem importância, para o caso. Quando cheguei a casa eram 21 horas . Cansada mas muito feliz.!

 Encontrei a Judite que foi a minha companheira de carteira na escola primária! Ela contou -me que ia fazer o 12º ano!. Eu disse - lhe que também ia tentar.! Mas temos as duas o mesmo problema, que é a língua Inglesa, ela também não gosta, como eu. Se não fizermos á primeira, fazemos á segunda, se não tentarmos não sabemos.Tentar não faz mal, e só assim, é que sabemos se conseguimos. Força Judite. Os pessimistas são derrotados os optimistas são vencedores. Vamos vencer. Agora vou - me deitar é 1,30 hora da madrugada são horas de descansar. Boa noite a todos que ainda estão a trabalhar.

                                                      

                                                                  Fui para a escola em criança ,

                                                                  Não mais deixei de aprender,

                                                                   Queria estudar mas não pode

                                                                  Porque a economia não deu.

 

Fui trabalhar para o campo

Qual não é o espanto meu 

A Natureza ensinou - me

O que a escola não me deu!.

 

 

Zéza Coutinho.

 

 

sinto-me:
publicado por zezacastanho às 00:28

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Convívio pascal dos sénio...

. Clube de leitura

. Sétimo selo.

. Ao clube de leitura

. Ser ou parecer...

. Natal.

. Coral polifonico atuando ...

. Convivio dos Sénior+ Da E...

. Convívio sénior.

. ...

.arquivos

. Março 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Março 2013

. Setembro 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.links

.participar

. participe neste blog

blogs SAPO

.subscrever feeds